foto2-1.jpgfoto2-2.jpgfoto2-3.jpg

Só falo àqueles que podem me ouvir...

 

As pessoas que me leem compõem uma lista pequena, grande não poderia ser, pois, para sê-lo, haveria de contar com outros leitores que abnegados só não poderiam ser à leitura, e ainda haveriam de ter olhos deveras inclinados às letras alheias; se diferentes fossem esses, já às primeiras palavras de quaisquer textos meus, se decepcionariam, uma vez que, são excluídos daquela lista, todos e quaisquer leitores que de modo importuno e sem razão, queiram se meter nela. E quem são estes intrometidos? São todos aqueles que foram mal criados, e por efeito desta falha, são malcriados, e maus criados seriam a serviço de um imprudente senhor, que os tomassem por servos... a despeito de ser hoje tanto mais do que eram, e a ter tanto mais do que tinham, e a estar tanto mais destacados do que estavam, algum tanto falta-lhes para ser, e para ter, logo, por efeito destas carências, falta-me disposição para lhes dirigir as minhas palavras, pois só falo àqueles que podem me ouvir...

 

 

PS - Fico-lhe muito obrigado pela sua visita. Se ler mais, ainda que seja por acaso, caso a menos, não farei da sua atenção.


Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar