foto2-1.jpgfoto2-2.jpgfoto2-3.jpg

A divagar devagar sempre estou!

 

     “O óbvio mais nota-se, se se expressar menos evidente a ignorância!”
     Demorara para apreender o dito acima, com efeito, quase tarde, aprendi que se divaga devagar, pois, às pressas, não é possível fazê-lo...

 

  

PS - Fico-lhe muito obrigado pela sua visita. Se ler mais, ainda que seja por acaso, caso a menos, não farei da sua atenção.


Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar